Facebook Instagram Flickr Twitter

Comunidade Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Santa Gertrudes

Endereço: Avenida Dom Bosco 28, Conj. Fabiana, esquina com Rua José Bonifácio – Jardim Vitória II

História da comunidade
A Comunidade teve inicio em 1979 como Grupo de Oração Sagrada Família, coordenado por Tereza e Jurandir, as Missas eram celebrada na Associação de Moradores. A partir de 1982, começou a construção da nossa Igreja; Capela Santa Gertrudes, comunidade Nossa Senhora do Perpetuo Socorro.

Coordenador da comunidade: Cirineu e Maria

Pastorais:
Batismo:
Pastoral do Dízimo:
Catequese: Irmã Rita
Conselho Pastoral:

Movimentos:
Vicentino: Coordenadora:
Apostolado da Oração: Coordenadora:
Mãe Peregrina: Coordenadora:
Grupo de Oração Elevar: Coordenador:

Programação semanal:
2ª feira: Catequese com a turma da 1ª Eucaristia e Crisma;
3ª feira: Novena de Nossa Senhora do Perpetuo Socorro;
3ª feira: Catequese primeiro e segundo ano;
4ª feira: Apostolado da Oração;
4ª feira: Catequese para Crismando;
5ª feira: Oração das 1000 (mil) Ave – Maria;
6ª feira: Formação de catequistas (toda 3ª sexta-feira do mês;
Sábado: Catequese, Equipe de Música;
Domingo: Santa Missa as 08h e às 19h30min.;
Domingo: Grupo de Oração Elevar às 18h.

Nossa Senhora do Perpétuo Socorro

n.s.p.socorroNa ilha de Creta havia um quadro da Virgem Maria muito venerado devido aos estupendos milagres que operava. Certo dia, porém, um rico negociante, pensando no bom preço que poderia obter por ele, roubou-o e levou-o para Roma.

Durante a travessia do Mediterrâneo, o navio que transportava a preciosa carga foi atingido por terrível tempestade, que ameaçava submergi-lo.

Os tripulantes, sem saber da presença do quadro, recorreram a Virgem Maria. Logo a tormenta amainou, permitindo que a embarcação ancorasse, sendo salva num porto italiano.

Algum tempo depois o ladrão faleceu e a Santíssima Virgem apareceu a uma menina, filha da mulher que guardava a pintura em sua casa, avisando que a imagem de Santa Maria do Perpétuo Socorro deveria ser colocada numa igreja. O milagroso quadro foi então solenemente entronizado na capela de São Mateus, em Roma, no ano de 1499, e aí permaneceu recebendo a homenagem dos fiéis durante três séculos, até que o templo foi criminosamente destruído. Os religiosos se dispersaram e a santa caiu no esquecimento. Em meados do s6culo XIX, o papa Pio IX chamou a Roma os padres Redentoristas, que se estabeleceram no antigo convento dos Agostinianos, no local onde existira a igreja de São Mateus. Foi então que um dos religiosos encontrou documentos relativos a uma imagem da Virgem Maria, famosa pelos grandes milagres que realizava. Após muita procura o quadro foi encontrado por uma revelação especial de Nossa Senhora.

Finalmente em 1866 a milagrosa efígie foi conduzida triunfalmente ao seu atual santuário por ordem do Santo Padre, que recomendou aos filhos de Santo Afonso de Ligório: - "Fazei que todo o mundo conheça o Perpétuo Socorro". De seu trono no Monte Esquilino a devoção se irradiou por todo o planeta. No Brasil esta invocação de Maria chegou no final do século passado com os padres da Congregação do Santíssimo Redentor que aqui se estabeleceram em 1893.

A ilha de Creta esteve durante muitos séculos dominada pelos muçulmanos, que destruíram muitos documentos cristãos, por isso nada se descobriu sobre a origem do milagroso ícone, nem mesmo na igreja onde ele era venerado antigamente. É uma pintura sobre madeira, em estilo bizantino, onde se enlaçam a arte e a piedade, a elegância e a simplicidade. Dizem os entendidos que deve ser uma das diversas cópias do retrato da Virgem Santíssima feito por São Lucas e que o pintor era grego, porque são helênicas as letras das inscrições.

Quanto ao titulo de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, foi a própria Virgem que o usou, falando à menina a quem apareceu; ou porque fosse esse o título da imagem invocada em Creta, ou porque desejasse ser venerada com este nome daí por diante.

A interessante história da imagem da Senhora do Perpétuo Socorro está magnificamente apresentada no interior da igreja paroquial do bairro do Grajau, no Rio de Janeiro, em pintura do artista Antônio Maria Nardi. Este templo, construído em estilo romano-bizantino para combinar com o famoso quadro, é muito visitado pelos jovens estudantes de arquitetura interessados em apreciá-lo de perto. 0 altar-mor foi executado em um único bloco de mármore de Carrara, sem emendas, e sobre ele pode-se admirar um enorme painel de 100 metros quadrados, representando a Virgem do Perpétuo Socorro.

Também conhecida como Igreja do Cuscuz, pelo seu formato cônico, a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Garanhuns, Pernambuco, foi construída pelos padres redentoristas holandeses na década de 50 e logo transformou-se num dos templos religiosos mais exóticos do interior do Nordeste.

A festa de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro é celebrada no dia 27 de junho.
Rua Cardeal, esq. c/ Al. Rouxinóis s/n , Qd 43, Lt 05, Parque das Laranjeiras, Goiânia-GO - CEP 74855-220
Segunda-feira das 14h às 18h. Terça-feira a sexta-feira das 08h às 11:30 e das 14h às 18h. Sábado das 08 às 11:30
62 3249-1933 | 9671-7491 (vivo) | 9105-2028 (claro) | 8405-2927 (oi) | 8227-6917 (tim)